Serviço Social
Psicologia
Comunicação Empresarial
Comunicação Social
Multimédia
Informática de Gestão
Informática
Design de Comunicação
Contabilidade e Auditoria
Gestão de Recursos Humanos
Gestão
 Despacho nº 20529/2009 [pdf]

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA
Profª Doutora Dulce Serra Simões



OBJETIVOS
O Serviço Social como área das Ciências Sociais, tem uma trajetória que o coloca como profissão inserida na divisão sócio-técnica do trabalho. A formação académica deve contribuir para a construção de uma identidade profissional, através de uma sólida qualificação teórica, metodológica e ético-política, e de uma capacitação operacional e prática de investigação que alicerce o conhecimento do Serviço Social e a sua produção, dando suporte à interlocução com as outras áreas das Ciências Sociais.
Concebe-se a área científica de Serviço Social como estruturante do novo Plano de Estudos (o que pressupõe a existência de teorias de base, de uma formação prática, de estágio pré-profissional supervisionado com uma componente de investigação), estabelecendo-se a articulação com as outras áreas científicas complementares que integram esta licenciatura.
Pretende-se que a formação dos futuros Assistentes Sociais conduza à construção de uma postura plural, crítica e promotora da efetividade dos Direitos Humanos e da cidadania, baseada em princípios e valores inerentes à compreensão da sociedade e do Serviço Social, à promoção da justiça social e ao compromisso com o desenvolvimento da autonomia, emancipação e empowerment dos sujeitos sociais. Neste sentido,
o Plano de Estudos procura desenvolver no aluno:
  • O conhecimento das relações e determinações históricas e sócio-políticas e principais correntes do pensamento que influenciam a trajetória de Serviço Social como profissão e área disciplinar, que tem de ser analisada no tempo e no lugar, com os seus limites/ constrangimentos e potencialidades /possibilidades;
  • A análise da sociedade portuguesa, inserida no espaço europeu e internacional, do ponto de vista histórico, político, económico, social e cultural, de forma a contextualizar o campo do Serviço Social, as solicitações existentes e emergentes e as suas tendências;
  • O equacionar das relações entre o Serviço Social e as Politicas Sociais, não só ao nível da intervenção, mas também ao nível da concepção, elaboração e avaliação de programas, projetos e medidas de política;
  • A compreensão da vertente teórico-metodológica e ético-política que permite desenvolver as competências da intervenção, da planificação, da avaliação e da investigação no Serviço Social, de forma a fazer face aos novos desafios e solicitações que se colocam nas sociedades contemporâneas e particularmente em Portugal;
  • O reforço da formação teórico-prática a partir dos primeiros anos do curso, em várias áreas disciplinares, segundo uma estratégia pedagógica contínua, designadamente na área de Serviço Social - de observatório, oficina, trabalho de campo e de projeto e núcleos de estudo - que culmina no terminus do curso, com a realização do estágio e a elaboração do trabalho final de curso;
  • A intensificação das relações entre a formação académica e a realidade social, institucional e sócio-profissional através dos núcleos de estudo e dos estágios, com supervisão científica, pedagógica e profissional.

SAÍDAS PROFISSIONAIS
Segurança Social, Saúde,  Autarquias Locais, Justiça, Trabalho e Educação, Intervenção Psicoterapêutica e Psicossocial, Habilitação própria para a docência


PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES TIPO ECTS
1º Semestre    
Sociologia S 4,5
Metodologias das Ciências Sociais I S 5
História Social e Política Contemporânea S 4
Psicologia Social e dos Grupos S 4
História do Serviço Social S 4,5
Antropologia Cultural S 4
Economia S 4
2º Semestre    
Epistemologia e Serviço Social S 5
Políticas de Intervenção Social S 4,5
Ciência Política S 4
Direito Social I S 4
Metodologias do Serviço Social S 4
Metodologias das Ciências Sociais II S 4,5
Política Social S 4
3º Semestre    
Direitos Humanos S 4,5
Teorias e Modelos do Serviço Social S 5
Direito Social II S 4
Estudos Europeus e Internacionais S 4
Estrutura da Economia e da Sociedade Portuguesa S 4
Serviço Social e Estratégias de Intervenção S 5,5
Opção 1 S 3
4º Semestre    
Planeamento e Gestão de Projetos S 5
Estatística Aplicada às Ciências Sociais I S 5
Serviço Social com Grupos de Risco S 4,5
Investigação em Serviço Social S 4
Serviço Social e Políticas Sociais S 4,5
Ética e Deontologia no Serviço Social S 4
Opção 2 S 3
5º Semestre    
Administração e Gestão Social S 5
Estatística Aplicada às Ciências Sociais II S 5
Intervenção com Famílias e Redes Sociais S 5
Serviço Social e Intervenção Comunitária S 5
Processos de Requalificação Sócio-identitária S 5
Sociologia do Desenvolvimento e das Transformações Sociais S 5
6º Semestre (Percurso Formativo A) TIPO ECTS
Serviço Social e Novas Tecnologias S 2
Psicologia Organizacional S 5
Seminário de Estudos Sociais I S 5,5
Estágio I S 17,5
7º Semestre (Percurso Formativo A)    
Seminário de Estudos Sociais II S 5,5
Estágio II S 24,5
6º Semestre (Percurso Formativo B - Serviço Social Europeu) TIPO ECTS
Módulo 1 Social Work in Europe: Commonalities and Differences (Theme 1 And 2) S 6
Módulo 2 Comparative Social Work: A European Perspective On Core Aspects of Social Work S 12
Módulo 3 Community Work From A International Prespective S 12
7º Semestre (Percurso Formativo B - Serviço Social Europeu)    
Estágio S 30

Unidades curriculares de opção e seminários de estudos sociais

UNIDADES CURRICULARES OPCIONAIS TIPO ECTS
Unidade Curricular de Opção 1 - Inglês S 3
Unidade Curricular de Opção 1 - Virclass S 3
Unidade Curricular de Opção 2 - Demografia e Ecologia Social S 3
Unidade Curricular de Opção 2 - Aconselhamento S 3
SEMINÁRIOS DE ESTUDOS SOCIAIS I E II
Seminário de Estudos Sociais I - Desafios e Problemáticas da Idade Avançada S 5,5
Seminário de Estudos Sociais I - Desvio, Justiça e Reinserção Social S 5,5
Seminário de Estudos Sociais I - Infância e Juventude S 5,5
Seminário de Estudos Sociais I - Saúde, Ambiente e Qualidade de Vida S 5,5
Seminário de Estudos Sociais II - Géneros, Identidades e Desigualdades S 5,5
Seminário de Estudos Sociais II - Ambiente, Risco e Intervenção em Catástrofe S 5,5
Seminário de Estudos Sociais II - Cultura Contemporânea e Formas de Dependência S 5,5
Seminário de Estudos Sociais II - Pobreza e Territórios de Exclusão S 5,5



CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147 –A/2006 de 31 de julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.

Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 04 Economia
    • 06 Filosofia
    • 11 História
    • 18 Português
    (Deste elenco, basta uma prova)


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA
  • Boletim de Candidatura [pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

 Despacho nº 15672/2013 [pdf]

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA
Prof. Doutor Carlos Amaral Dias

COORDENAÇÃO EXECUTIVA:

Professora Doutora Ana Galhardo
Email Coordenação: coordenacaopsicologia@ismt.pt ou anagalhardo@ismt.pt
Horário de atendimento: Quartas-feiras das 11.00 às 13.00
Gabinete de Psicologia, Piso 0
Edifício do Largo da Cruz de Celas, nº1
3000-132 Coimbra


OBJETIVOS

Na atualidade, as funções e tarefas dos profissionais de Psicologia implicam que estes possuam conhecimentos em vários domínios e áreas afins da Psicologia, uma vez que só assim poderão desempenhar a sua atividade com base numa perspetiva holística e integrativa do comportamento humano. Neste sentido, a formação do 1.º ciclo tem como objetivo dotar os estudantes de conhecimentos básicos e competências gerais aos níveis teórico-conceptual e de investigação nos diferentes domínios da psicologia e áreas afins.
Este 1.º ciclo integra as seguintes áreas científicas:
- Psicologia;
- Biologia;
- Metodologias Aplicadas à Psicologia;
- Ciências Sociais.

No seu conjunto, as referidas áreas têm como objetivo o desenvolvimento das seguintes competências:

- Enquadrar histórica e epistemologicamente as bases do comportamento humano;
- Interpretar e compreender os fenómenos nas ciências sociais;
- Conhecer os fundamentos biológicos do comportamento e os seus respetivos processos de avaliação;
- Identificar e delimitar as principais etapas do processo metodológico, salvaguardando as perspetivas técnica, científica e ética da investigação nas ciências sociais e humanas;
- Capacitar e exercitar o uso correto das técnicas estatísticas apropriadas à análise de dados;
- Identificar e integrar os processos sensoriais, percetivos, motivacionais, afetivos e da atenção e respetivo funcionamento;
- Reconhecer e aplicar as teorias e modelos da aprendizagem e da memória aos contextos educacional e clínico;
- Apreender os conceitos e mecanismos inerentes ao processamento de informação na associação entre cognição e cérebro;
- Aprofundar modelos do desenvolvimento humano ao longo do ciclo de vida;
- Compreender os pressupostos subjacentes à avaliação psicológica, bem como conhecer e aplicar os métodos de observação e avaliação nos diversos contextos de intervenção;
- Reconhecer e aplicar os principais procedimentos da avaliação psicométrica, de forma a assegurar uma correta utilização dos instrumentos de avaliação psicológica;
- Identificar os determinantes psicossociais da saúde e da doença, promovendo a aplicação de modelos de prevenção em saúde;
- Compreender o modelo de desenvolvimento da psicopatologia visando o adequado reconhecimento das diferentes entidades nosológicas;
- Alcançar um modelo de compreensibilidade dos diferentes quadros clínicos de acordo com a intervenção baseada na evidência;
- Apreender modelos e técnicas em psicologia organizacional de modo a promover a capacidade de apreciação crítica no que respeita ao funcionamento e gestão das organizações;
- Desenvolver capacidades de análise dos fenómenos e processos grupais.

O 1.º ciclo de Psicologia procura, na sua globalidade, dotar os alunos de conhecimentos e competências basilares de modo a efetuarem uma transição adequada para um 2.º ciclo de estudos.

Por último, é ainda de referir entre os objetivos do 1.º ciclo, o de estimular a participação dos alunos na construção do seu percurso formativo, podendo estes optar por diferentes unidades curriculares ligadas a áreas mais específicas do conhecimento psicológico (unidades curriculares optativas). Algumas destas unidades curriculares opcionais proporcionam um primeiro contacto com as teorias subjacentes a diferentes modelos terapêuticos no sentido de auxiliar os alunos no seu processo de tomada de decisão relativamente a um 2.º ciclo.



SAÍDAS PROFISSIONAIS
O 1.º ciclo de Psicologia constitui a primeira etapa de formação de um Psicólogo. Esta formação base proporciona o acesso ao 2.º ciclo em Psicologia, sendo este último mais especializado. No seu conjunto, os dois ciclos de estudos são requisito obrigatório para inscrição na Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP) e para o exercício da profissão de psicólogo, após realização de Estágio Profissional tutelado pela OPP.


PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES TIPO ECTS
1º Semestre    
História e Epistemologia da Psicologia S 4
Ciências Sociais S 5
Neurociências I S 6
Sensação, Percepção e Atenção S 5
Métodos de Investigação Quantitativos S 5
Etologia S 5
2º Semestre    
Métodos de Investigação Qualitativos S 5
Aprendizagem e Memória S 5
Neurociências II S 5
Psicologia Social S 5
Psicologia Educacional S 5
Psicologia do Desenvolvimento da Criança e do Adolescente S 5
3º Semestre    
Métodos de Observação e Avaliação S 5
Consulta Psicológica S 5
Cognição e Linguagem S 5
Psicologia do Desenvolvimento do Adulto e do Idoso S 5
Estatística I S 5
Opção 1 S 5
4º Semestre    
Psicologia da Personalidade S 5
Estatística II S 5
Motivação, Afectos e Emoções S 5
Psicologia da Saúde S 5
Psicologia da Família S 5
Opção 2 S 5
5º Semestre    
Ética e Deontologia S 5
Psicologia dos Grupos S 5
Psicometria S 5
Psicopatologia da Criança e do Adolescente S 5
Opção 3 S 5
Opção 4 S 5
6º Semestre    
Psicopatologia do Adulto S 5
Contextos de Intervenção Psicológica S 5
Psicofarmacologia S 5
Psicologia Organizacional S 5
Opção 5 S 5
Opção 6 S 5
Brevemente estarão disponíveis os conteúdos programáticos das unidades curriculares obrigatórias

OPCIONAIS (1º Semestre)    
Psicopatologia dos Comportamentos Aditivos S 5
Psicologia do Desporto S 5
Psicologia Comunitária S 5
Psicodrama S 5
Introdução à Psicanálise S 5
OPCIONAIS (2º Semestre)    
Psicologia da Sexualidade S 5
Psicologia Forense S 5
Introdução às Terapias Familiares S 5
Introdução às Terapias Cognitivo-Comportamentais S 5
Análise de Dados Aplicada à Psicologia S 5


CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147 –A/2006 de 31 de Julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.

Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 02 Biologia e Geologia
    • 06 Filosofia
    • 11 História
    • 18 Português
    (Deste elenco, basta uma prova)


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA
  • Boletim de Candidatura [ pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

 Despacho nº 5305/2007 [pdf]

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA
Professor Doutor José Vicente Serrano

Email Coordenação: vicenteserrano@ismt.pt
Horário de atendimento: Quartas-feiras das 10.00 às 12.00
Gabinete de Comunicação, Piso 0
Edif. Largo da Cruz de Celas, nº1
3000-132 Coimbra

OBJETIVOS
A licenciatura em Comunicação Empresarial pretende formar indivíduos para as mudanças generalizadas resultantes da aplicação tecnológica, nas relações organizacionais no âmbito da Comunicação de Marketing. O diplomado deverá adquirir competências específicas – contempladas nas áreas científicas de base, da especialidade, complementares e opcionais para poder desempenhar as seguintes funções: Profissional de Marketing, Profissional de Publicidade/ Criatividade e Profissional de Relações Públicas.


SAÍDAS PROFISSIONAIS
Gestão de Marketing; Relações Públicas; Assessor de Imagem; Gestor da Comunicação; Assessor de Imprensa e Protocolo; Analista de Mercados; Criativo Publicitário; account; Produtor Publicitário; Produtor Gráfico; Media Researcher; Media Planner: Media Monitor.


PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES TIPO ECTS
1º Semestre    
Teorias da Comunicação S 4
História das Ideias Sociais S 4
Microeconomia S 4
Teorias da Publicidade S 4
Comunicação de Marketing S 5
Produção e Realização Audiovisual I S 5
Marketing e Tecnologias
S 4
2º Semestre  
História e Estética da Imagem Mediatizada S 4
Semiótica da Comunicação S 3
Métodos e Técnicas de Criação S 4
Marketing Estratégico S 5
Macroeconomia S 4
Ética, Deontologia e Direito da Comunicação S 5
Guionismo S 5
3º Semestre  
Teoria das Relações Públicas S 3
Escrita Criativa
S 3
Produção e Realização Audiovisual II S 5
Estratégias de Relações Públicas S 3
Métodos Estatísticos
S 5
Produção Vídeo I S 4
Marketing Internacional
S 4
Opção 1 S 3
4º Semestre  
Sociologia da Comunicação S 4
Cibercultura S 5
Assessoria de Imprensa S 4
Ciência Política S 4
Direito Empresarial S 4
Produção Vídeo II S 5
Marketing das Organizações Políticas e da Economia Social
S 4
5º Semestre  
Antropologia Cultural S 4
Protocolo S 4
Sondagens e Estudos de Opinião Pública S 5
Produção e Administração de Conteúdos para a Web I S 4
Publicidade Digital S 3
Edição Vídeo Digital S 6
Marketing Interno
S 4
6º Semestre  
Seminário S 9
Estágio S 21

UNIDADES CURRICULARES OPTATIVAS TIPO ECTS
Fotografia Digital S 5
Inglês I S 3
Contabilidade de Gestão S 5
Marketing de Serviços S 5
Psicologia da Percepção S 3
Ciberjornalismo S 3
Gestão da Força de Vendas S 5
Empreendedorismo e Inovação S 5
Design Vectorial S 5
Fundamentos do Design S 5
Introdução à Gestão S 6
Inglês II S 3
Inglês III S 3
Argumentação S 5
Géneros e Estilos Jornalísticos S 5
Produção e Administração de Conteúdos para a Web II S 5
Jornalismo Escrito S 5


CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147 –A/2006 de 31 de julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.

Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 06 Filosofia
    • 12 História da Cultura e das Artes
    • 17 Matemática Aplicada às Ciências Sociais
    • 18 Português
Deste elenco, basta uma prova)


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA
  • Boletim de Candidatura [pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

 Despacho nº 17288/2009 [pdf]

COORDENAÇÃO
Professor Doutor Dinis Alves

COORDENAÇÃO EXECUTIVA:
Mestre Sofia Figueiredo
Email Coordenação: sofia@ismt.pt
Horário de Atendimento: 4ª feira – das 14h às 15h
Edif. Largo da Cruz de Celas nº 1
3000-132 Coimbra

OBJETIVOS
A licenciatura em Comunicação Social pretende formar indivíduos capazes de exercer atividades na área da Comunicação Social, especificamente no âmbito do Jornalismo e do Audiovisual. O diplomado deverá adquirir competências específicas - contempladas nas áreas científicas de base, da especialidade, complementares e opcionais na presente estrutura curricular - para trabalhar em empresas de Comunicação, ocupando variados cargos na estrutura dos meios de Comunicação nas áreas de Informação, Produção e Realização. É ainda objetivo desta licenciatura promover sinergias com os media locais e nacionais e com empresas de Comunicação, no sentido de viabilizar uma aproximação efetiva à realidade profissional e à entrada dos “produtos” desenvolvidos pelos alunos no âmbito das disciplinas práticas.


SAÍDAS PROFISSIONAIS
Imprensa, Rádio, Tv, Jornalismo on line, Fotojornalismo, Produção e Realização Televisiva, Guionismo, Gabinetes de Comunicação e Imagem.


PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES TIPO ECTS
1º Semestre    
Introdução ao Jornalismo S 4
Produção e Administração de Conteúdos para a Web I S 4
Teorias da Comunicação S 4
Géneros e Estilos Jornalísticos S 5
História da Comunicação Social S 5
História Contemporânea I S 3
Arte e Técnica de Titular S 5
2º Semestre    
Semiótica da Comunicação S 3
História Contemporânea II S 3
Fotojornalismo S 4
Representações dos Media S 5
Técnicas de Investigação Jornalística S 5
Design Gráfico S 5
Tratamento de Imagem Digital S 5
3º Semestre    
Jornalismo Escrito S 5
Produção e Administração de Conteúdos para a Web II S 5
Produção e Realização Audiovisual I S 5
Produção e Realização Radiofónica S 5
Introdução à Economia S 4
Opção 1 S 3
Opção 2 S 3
4º Semestre    
Ciberjornalismo S 3
História e Estética da Imagem Mediatizada S 4
Sociologia da Comunicação S 4
Laboratório de Jornalismo Radiofónico I S 5
Guionismo S 5
Opção 3 S 3
Opção 4 S 3
Opção 5 S 3
5º Semestre    
Laboratório de Jornalismo Radiofónico II S 5
Laboratório de Jornalismo Televisivo I S 5
Produção e Realização Audiovisual II S 5
Laboratório de Imprensa I S 5
Antropologia cultural S 4
Opção 6 S 3
Opção 7 S 3
6º Semestre    
Ética, Deontologia e Direito da Comunicação S 5
Temas de Cultura Portuguesa S 4
Laboratório de Jornalismo Televisivo II S 5
Laboratório de Imprensa II S 5
Opção 8 S 4
Opção 9 S 4
Opção 10 S 3

UNIDADES CURRICULARES OPTATIVAS TIPO ECTS
Ciência Política S 4
Estudos Europeus S 4
Organização de Serviços de Documentação e Arquivo S 3
Infografia S 3
Publicidade Digital S 3
História das Artes Visuais S 4
Teoria da Publicidade S 4
Estratégia de Relações Públicas S 3
Economia Aplicada ao Jornalismo S 4
História da Fotografia S 4
Música Aplicada à Comunicação Audiovisual S 4
Teoria e Prática da Direção de Meios S 4
História do Cinema S 4
Métodos e Técnicas de Criação S 4
Escrita Criativa S 3
Televisão Interativa S 3
Inglês I S 4
Inglês II S 3
Inglês III S 3
Inglês IV S 3

CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147 –A/2006 de 31 de julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.


Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 06 Filosofia
    • 11 História
    • 13 Inglês
    • 18 Português
    (Deste elenco, basta uma prova)


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA
  • Boletim de Candidatura [pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

 Despacho nº 14078/2009 [pdf]

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA
Professora Doutora Inês Amaral
inesamaral@ismt.pt
Horário de atendimento:
Quintas-feiras das 12h00 às 13h00
Gabinete de Multimédia, Piso 0
Edif. Largo da Cruz de Celas, nº1
3000-132 Coimbra

COORDENAÇÃO EXECUTIVA:
Dr. Francisco Amaral
franciscoamaral@gmail.com

OBJETIVOS
São objetivos desta licenciatura capacitar os diplomados com as ferramentas e competências para:
  • interpretar e construir com rigor semântico enunciados orais e escritos adequados a diferentes suportes e contextos; desenvolver a capacidade de inovar, denotando criatividade, em diferentes situações de comunicação; exercitar a capacidade de crítica e de auto-crítica em situações profissionais;
  • identificar noções de Sociedade da Informação, Globalização, Rede;
  • conhecer a legislação que regulamenta a Comunicação;
  • reconhecer o processo da comunicação e os processos sensoriais inerentes a este; conhecer e aplicar ferramentas das Tecnologias da Informação e Comunicação;
  • apreender técnicas e modelos em design gráfico e vectorial;
  • conhecer e aplicar princípios técnicos específicos de Audiovisuais nas áreas de Produção e Realização;
  • dominar princípios e técnicas de programação informática;
  • conhecer princípios teóricos e aplicar técnicas de Fotografia;
  • conhecer princípios teóricos e aplicar técnicas de Sonoplastia;
  • produzir conteúdos Web;
  • aplicar instrumentos de comunicação gráfica;
  • apreender e aplicar conteúdos sobre cenografia virtual e animação;
  • distinguir e aplicar técnicas do argumento/guionismo para Multimédia e Audiovisual;
  • possuir conhecimentos sobre análise de sistemas e bases de dados;
  • compreender distintas interações sócio-culturais no Ciberespaço;


SAÍDAS PROFISSIONAIS
No final do 1º ciclo de estudos da licenciatura em Multimédia, os estudantes ficam habilitados para o exercício das diversas novas profissões que garantem a articulação harmoniosa entre os domínios da Comunicação, da Informática e do Design. Estas profissões, em verdadeiro e imparável crescimento, são das mais importantes e essenciais no contexto da atual Sociedade do Conhecimento e da Informação.
  • Web designer.
  • Direção de projetos na área dos sistemas de informação, especificamente na produção e edição multimedia (internet, suportes digitais, publicações online, ...)
  • Direção gráfica e de produção de imagem.
  • Centros de Informática e de Meios Audiovisuais.
  • Departamentos de edição de imagem e som em empresas produtoras de audiovisuais.
  • Departamentos de criação gráfica para écran (incluindo TV e vídeo)
  • Departamentos criativos em empresas de publicidade.
  • Centros de Informática e de Meios Audiovisuais.
  • E-learning
  • Ensino no domínio das TIC
  • Profissionais liberais na área da comunicação multimédia.


PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES TIPO ECTS
1º Semestre    
Introdução ao Estudo da Comunicação S 3
Media e Sociedade da Informação S 4
Fundamentos do Design S 5
Introdução à Programação S 5
Fotografia Digital S 5
Análise da Imagem S 4
Opção 1 S 4
2º Semestre    
Cibercultura S 5
Estética da Imagem S 4
Tratamento de Imagem Digital S 5
Design Gráfico S 5
Psicologia da Percepção S 3
Programação I S 5
Opção 2 S 3
3º Semestre    
Programação II S 5
Design Vectorial S 5
Guionismo para Multimédia S 5
Base de Dados S 4
Produção Vídeo I S 4
Teoria do Som S 4
Opção 3 S 3
4º Semestre    
Hipertexto S 4
Programação III S 5
Produção Vídeo II S 5
Produção Áudio S 5
Webdesign I S 4
Sistemas Multimédia S 4
Opção 4 S 3
5º Semestre    
Animação 3D S 6
Webdesign II S 6
Atelier de Som I S 6
Edição Vídeo Digital S 6
Direito da Comunicação S 3
Publicidade Digital S 3
6º Semestre    
Animação 3D II S 6
Atelier de Som II S 6
Atelier de Vídeo S 6
Atelier de Produção Multimédia S 8
Desenvolvimento de Jogos Multimédia S 4

UNIDADES CURRICULARES OPTATIVAS TIPO ECTS
História da Fotografia (opção 1) S 4
Teorias da Publicidade (opção 1) S 4
História das Artes Visuais (opção 1) S 4
História do Cinema (opção 1) S 4
Inglês I (opção 1) S 4
Inglês II (opção 2) S 3
Escrita Criativa (opção 2) S 3
Comércio Electrónico (opção 2) S 3
Inglês III (opção 3) S 3
Ciberjornalismo (opção 3) S 3
Emarketing (opção 3) S 3
Inglês IV (opção 4) S 3
Elearning (opção 4) S 3
Infografia (opção 4) S 3
Televisão Interativa (opção 4) S 3

CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147-A/2006 de 31 de julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.

Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 10 Geometria Descritiva
    • 16 Matemática
    • 18 Português
    (Deste elenco, basta uma prova)


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA
  • Boletim de Candidatura [pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

 Despacho nº 19676/2009 [pdf]

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA
Prof. Doutor Francisco Reis

COORDENAÇÃO EXECUTIVA:
Mestre Ricardo Malheiro
site da licenciatura
Email Coordenação: rsmal@ismt.pt
Horário de atendimento : 4ªF das 11h -12h
  Gabinete de Informática, Piso 0
  Edif. Largo da Cruz de Celas, nº1
  3000-132 Coimbra

OBJETIVOS
A Licenciatura em Informática de Gestão insere-se numa área com cada vez maior procura pelas empresas portuguesas e com uma surpreendente (ainda) reduzida oferta em Portugal, a área das novas tecnologias aplicadas às organizações, comummente referida como informática de gestão.
De facto, este conceito tão em voga em países tecnologicamente desenvolvidos - veja-se o exemplo dos diversos currículos em MIS (Management Information Systems) e BIS (Business Information Systems) existentes em diversos países europeus e nos Estados Unidos da América é essencial às empresas que necessitam de pessoal qualificado nas novas tecnologias de informação, mas que tenham uma visão estratégica de como aplicar essas tecnologias tendo em conta a estratégia global do produto ou da própria empresa. O cruzamento das áreas tecnológicas informáticas com as ciências empresariais é, pois, hoje, essencial ao sustentado desenvolvimento económico do país.
Desta forma, poder-se-á indicar como missão do curso proposto a oferta de um ensino avançado na área da informática de gestão, direcionado para a aquisição de competências na resolução de problemas de negócio através da aplicação de metodologias atuais e das mais avançadas tecnologias de informação. De forma a se atingirem as metas propostas, são estabelecidos os seguintes objetivos:
  • Adoptar um modelo de ensino baseado no desenvolvimento de competências
  • Privilegiar a formação dos alunos no conhecimento de áreas tecnológicas chave, atualmente consideradas imprescindíveis para a competitividade das empresas, e na capacidade de aplicação estratégica dessas tecnologias nas organizações
  • Assegurar a atualização permanente dos conteúdos lecionados, apostando fortemente nos conceitos e nas tecnologias emergentes
  • Promover nos alunos a criação de pensamento crítico, incrementar a comunicação verbal e escrita e estimular o planeamento organizacional e a capacidade de decisão
  • Promover a participação dos alunos em protocolos de cooperação com organizações públicas e privadas, nacionais e internacionais, permitindo o contacto do aluno com o mundo laboral num estágio inicial da sua formação
  • Fomentar linhas de investigação e desenvolvimento (I&D) e áreas de negócio de transferência de tecnologia que permitam incrementar o desempenho pedagógico da Licenciatura e que permitam a continuidade de formação aos licenciados do curso que pretendam prosseguir para o 2º ciclo de estudos.


SAÍDAS PROFISSIONAIS
As entidades empregadoras mais comuns dos licenciados em Informática de Gestão são a administração pública (nos seus diversos sectores), a indústria, as pequenas e médias empresas (PMEs) e as grandes empresas, as firmas consultoras, os bancos e as firmas de investimento, as empresas de telecomunicações e os estabelecimentos de ensino. Relativamente às saídas profissionais, elas incluem, embora de forma não exaustiva, as seguintes oportunidades de carreira:
  • Consultoria em Integração de Sistemas
  • Gestão de Projectos de Software
  • Análise e Gestão de Sistemas
  • Análise e Gestão de Bases de Dados
  • Desenvolvimento de Aplicações
  • Gestão da Qualidade
  • Docência e Investigação


PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES TIPO ECTS
1º Semestre    
Programação I S 8
Matemática Aplicada I S 6
Inglês Técnico S 4
Arquitetura de Computadores S 6
Sistemas de Informação S 6
2º Semestre  
Programação II S 8
Matemática Aplicada II S 6
Técnicas de Comunicação S 4
Economia e Negócios S 6
Redes de Computadores S 6
3º Semestre  
Sistemas de Bases de Dados S 7
Métodos Estatísticos S 5
Engenharia de Software S 6
Gestão e Contabilidade S 6
Gestão Estratégica S 6
4º Semestre  
Informática de Gestão S 6
Sistemas Operativos S 6
Gestão de Produto S 6
Gestão das Operações
S 6
Gestão de Projetos de Software S 6
5º Semestre  
Sistemas de Apoio à Decisão S 6
Planeamento Estratégico das TIs S 6
Qualidade em Sistemas de Informação S 6
Opção 1 (a) S 6
Opção 2 (a) S 6
6º Semestre  
Direito da Empresa e da Informática S 4
Gestão de Recursos Humanos S 5
Projecto ou Estágio S 15
Opção 3 (a) S 6
(a) A escolher de um elenco a fixar pelo órgão legal e estatutariamente competente.


CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147 –A/2006 de 31 de julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.

Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 16 Matemática
    • 04 Economia e 16 Matemática
    • 16 Matemática e 18 Português
    Deste elenco, basta uma prova)


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA
  • Boletim de Candidatura [pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

 Despacho nº 19675/2009 [pdf]

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA
Prof. Doutor Francisco Reis

COORDENAÇÃO EXECUTIVA:
Mestre Ricardo Malheiro
site da licenciatura
Email Coordenação: rsmal@ismt.pt
Horário de atendimento : 4ªF das 11h -12h
  Gabinete de Informática, Piso 0
  Edif. Largo da Cruz de Celas, nº1
  3000-132 Coimbra

OBJETIVOS
A Licenciatura em Informática tem como missão a oferta de um ensino avançado na área da Informática, direcionado para a aquisição de competências na área da programação e da concepção e gestão de sistemas de informação, incluindo as fases de especificação, desenvolvimento, teste e manutenção de aplicações e de sistemas informáticos. De forma a se atingirem as metas propostas, são estabelecidos os seguintes objetivos genéricos:
  • Adoptar um modelo de ensino baseado no desenvolvimento de competências
  • Privilegiar a formação dos alunos no conhecimento de áreas base das ciências da computação, e também de áreas tecnológicas chave, atualmente consideradas imprescindíveis para a competitividade das empresas
  • Assegurar a atualização permanente dos conteúdos lecionados, apostando fortemente nos conceitos, modelos e tecnologias emergentes
  • Promover a participação dos alunos em protocolos de cooperação com organizações públicas e privadas, nacionais e internacionais, permitindo o contacto do aluno com o mundo laboral num estágio inicial da sua formação
  • Fomentar unidades de investigação e desenvolvimento (I&D) e áreas de negócio de transferência de tecnologia que permitam incrementar o desempenho pedagógico e científico da licenciatura e que permitam a continuidade de formação aos licenciados do curso que pretendam prosseguir para o 2º ciclo de estudos.

SAÍDAS PROFISSIONAIS
As entidades empregadoras mais comuns dos licenciados em Informática são a administração pública (nos seus diversos sectores), a indústria, as pequenas e médias empresas (PMEs) e as grandes empresas, as firmas consultoras, os bancos e as firmas de investimento, as empresas de telecomunicações e os estabelecimentos de ensino. Relativamente às saídas profissionais, elas incluem, embora de forma não exaustiva, as seguintes oportunidades de carreira:
  • Desenvolvimento de Aplicações
  • Análise e Gestão de Sistemas
  • Análise e Gestão de Sistemas de Bases de Dados
  • Consultoria em TIs
  • Consultoria em Integração de Sistemas
  • Gestão de Projetos de Software
  • Gestão da Qualidade
  • Docência e Investigação


PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES TIPO ECTS
1º Semestre    
Programação I S 8
Matemática Aplicada I S 6
Inglês Técnico S 4
Arquitetura de Computadores S 6
Sistemas de Informação S 6
2º Semestre    
Programação II S 8
Matemática Aplicada II S 6
Técnicas de Comunicação S 4
Matemática Discreta S 6
Redes de Computadores S 6
3º Semestre    
Sistemas de Bases de Dados S 7
Métodos Estatísticos S 5
Engenharia de Software S 6
Estruturas de Dados e Algoritmos S 6
Especificação de Interfaces Interativas S 6
4º Semestre    
Informática de Gestão S 6
Sistemas Operativos S 6
Programação III S 6
Gestão de Projetos de Software
S 6
Inteligência Artificial S 6
5º Semestre    
Qualidade em Sistemas de Informação S 6
Sistemas Distribuídos S 6
Gestão de Sistemas e Redes S 6
Opção 1 (a) S 6
Opção 2 (a) S 6
6º Semestre    
Compiladores S 6
Projeto ou Estágio S 18
Opção 3 (a) S 6
(a) A escolher de um elenco a fixar pelo órgão legal e estatutariamente competente.


CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147 –A/2006 de 31 de julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.

Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 16 Matemática
    • 10 Geometria Descritiva e 16 Matemática
    • 16 Matemática e 18 Português
    (Deste elenco, basta uma prova)


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA
  • Boletim de Candidatura [pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

 Despacho nº 14342/2009 [pdf]

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA
Prof. Doutor José Vicente Serrano
Prof. Doutor Manuel Menezes


Email Coordenação: manuel.d.menezes@gmail.com
Horário de atendimento: Quartas-feiras das 10.00 às 12.00
  Gabinete de Comunicação, Piso 0
  Edif. Largo da Cruz de Celas, nº1
  3000-132 Coimbra


COORDENAÇÃO EXECUTIVA:
Prof. Doutor José Vicente Serrano



OBJETIVOS
O curso de licenciatura em DESIGN DE COMUNICAÇÃO pretende formar indivíduos com capacidade de conceber suportes de comunicação visual, ao nível da imagem de identidade, design de publicidade (cartazes, anúncios, vídeos, etc.), design editorial (jornais, revistas, livros, catálogos, folhetos, etc.) e design de embalagens para empresas e instituições.
O diplomado deverá adquirir competências específicas para poder desempenhar atividades nos domínios do projeto de investigação e da ação cultural no âmbito do Design da Comunicação.



SAÍDAS PROFISSIONAIS
Departamentos de Design de Comunicação e Imagem;
Empresas de Consultoria em Design de Comunicação e Imagem;
Empresas de Artes Gráficas;
Departamentos de Comunicação de Marketing



PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES TIPO ECTS
1º Semestre    
Teorias da Comunicação S 4
História das Ideias Sociais S 4
Teorias da Publicidade S 4
Produção e Administração de Conteúdos para a Web S 4
Fundamentos de Design S 5
Produção e Realização Audiovisual S 5
Teoria do Som S 4
2º Semestre    
História e Estética da Imagem Mediatizada S 4
Design Gráfico S 4
Escrita Criativa S 4
Tratamento de Imagem Digital S 4
WebDesign I S 5
Ética, Deontologia e Direito da Comunicação S 5
Sociologia da Comunicação S 4
3º Semestre    
Design Vectorial S 5
WebDesign II S 6
Comunicação de Marketing S 5
Animação 3D S 6
Produção Vídeo I S 4
Análise da Imagem S 4
4º Semestre    
Geometria S 4
Semiótica da Comunicação S 3
Métodos e Técnicas de Criação S 4
Psicologia da Percepção S 3
Cibercultura S 5
Produção Vídeo II S 5
Design de Comunicação I S 6
5º Semestre    
Empreendedorismo e Inovação S 5
Publicidade Digital S 3
Métodos Estatísticos S 5
Tipografia, Layout e Paginação S 5
Design de Comunicação II S 6
Edição Vídeo Digital S 6
6º Semestre    
Seminário S 9
Estágio S 21



CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147 –A/2006 de 31 de julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.

Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 03 Desenho
    • 06 Filosofia
    • 16 Matemática
    • 18 Português
(Deste elenco, basta uma prova)



DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA

  • Boletim de Candidatura [pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada



DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

 Despacho nº 20699/2009 [pdf]

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA
Prof. Doutor Paulo Américo Pinto Moreira
Prof. Doutor Vasco Alves de Sousa Almeida


Email Coordenação: vascoalmeida@ismt.pt
Horário de atendimento: Sexta-feira, 10h00 às 12h00
  Gabinete de Gestão, GRH e CE, Piso 0
  Edif. Largo da Cruz de Celas, nº1
  3000-132 Coimbra


OBJETIVOS
1. Maximizar a empregabilidade e produtividade dos futuros licenciados, através do estabelecimento de parcerias com empresas e organizações;
2. Conferir uma formação de qualidade e sempre atual na área da gestão;
3. Preparar os alunos para os desafios da liderança;
4. Criar uma sala de aula onde o estudante deixe de somente reter factos e teorias, mas resolva em equipa problemas reais;
5. Apresentar e discutir com os estudantes casos reais de empresas de gestores de renome, que virão ao ISMT com regularidade;
6. Fomentar linhas de investigação de I&D e incubadoras de empresas, que permitam incrementar o desempenho pedagógico da licenciatura, e que possibilitem a continuidade de formação aos licenciados do curso que pretendam prosseguir para o II Ciclo de Estudos;
7. Acompanhamento personalizado: para todos os alunos que se inscrevam pela primeira vez, é designado um Tutor que o acompanha ao longo do 1º Ciclo e o aconselha na escolha do perfil de curso que melhor se adapte às suas preferências e aptidões.


SAÍDAS PROFISSIONAIS
As competências científicas, técnicas e pessoais fornecidas durante o curso habilitam os licenciados em Gestão ao desempenho de funções diversas, em domínios como a organização e gestão, planeamento e estratégia, e ensino e formação. Os diplomados do curso estão assim aptos ao exercício de atividades, enquanto quadros qualificados, em áreas como:
- Contabilidade e Fiscalidade
- Gestão Financeira
- Gestão Comercial e Marketing
- Controlo de Gestão
- Gestão de Empresas ou de Áreas de Negócio
- Banca e Seguros
- Administração Pública
- Ensino


PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES TIPO ECTS
1º Semestre    
Introdução à Microeconomia
S 3
Matemática Aplicada à Gestão I
S 7
Contabilidade Financeira I
S 6
Introdução à Gestão
S 5
Modelação em Gestão
S 4
Inglês
S 2
Introdução ao Direito
S 3
2º Semestre    
Comportamento Organizacional S 4
Tecnologias de Informação S 4
Introdução à Macroeconomia S 3
Matemática Aplicada à Gestão II S 7
Contabilidade Financeira II S 6
Estatística I S 6
3º Semestre    
Gestão Estratégica S 5
Contabilidade de Gestão S 6
Microeconomia S 3
Análise Financeira S 6
Estatística II S 6
Cálculo Financeiro S 4
4º Semestre    
Marketing S 6
Investigação Operacional S 6
Gestão Financeira S 6
Macroeconomia S 3
Auditoria S 5
Direito Empresarial S 4
5º Semestre    
Sistemas de Apoio à Decisão S 6
Análise de Projetos S 6
Fiscalidade S 6
Planeamento Estratégico das Ti’s S 5
OPÇÃO 1 S
OPÇÃO 2 S
6º Semestre    
Gestão de Recursos Humanos S 5
Gestão das Operações S 6
Gestão do Produto S 6
Seminário – Teoria de Jogos em Gestão S 3
OPÇÃO 3 S
OPÇÃO 4 S


UNIDADES CURRICULARES OPTATIVAS TIPO ECTS
História das Ideias Sociais S 4
Estrutura da Economia e da Sociedade Portuguesa S 4
Empreendedorismo e Inovação S 5
Direito do Trabalho I S 4
Controlo de Gestão S 6
Os Sistemas de Avaliação de Desempenho S 6
Informática de Gestão S 6


CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147 –A/2006 de 31 de julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.

Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 04 Economia
    • 06Filosofia
    • 16 Matemática
    • 18 Português


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA
  • Boletim de Candidatura [pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

 Despacho nº 16243/2013 [pdf]

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA
Prof. Doutor Paulo Américo Pinto Moreira


COORDENAÇÃO EXECUTIVA:
Mestre Maria Cristina Quintas
Email Coordenação: cristina@ismt.pt
Horário de atendimento: segundas-feiras, 17h30 às 18h30
  Piso 1
  Edif. Largo da Cruz de Celas, nº1
  3000-132 Coimbra

OBJETIVOS
Os principais objetivos deste ciclo de estudos são os seguintes: - Proporcionar aos alunos uma noção do papel atual a desempenhar pelos gestores de recursos humanos nas organizações em geral; - Proporcionar aos alunos o conhecimento dos mais recentes instrumentos na área da Gestão de Recursos Humanos; - Formar especialistas em Gestão de Recursos Humanos que dominem as principais técnicas e instrumentos da Gestão de Recursos Humanos, tendo em conta os atuais contextos organizacionais, em que se verifica a alteração dos modelos de organização do trabalho, nomeadamente por força do aparecimento de novas realidades laborais, e em que as palavras de ordem são “mudança” e “adaptação”.



SAÍDAS PROFISSIONAIS
As saídas profissionais para os titulares da licenciatura em Gestão de Recursos Humanos são diversas, no entanto salientamos as seguintes: - Exercício de funções como gestor/técnico de RH em Departamentos de Recursos Humanos de empresas e organizações em geral; - Exercício de funções de consultoria na área dos RH como profissional liberal; - Exercício de funções de consultoria em empresas de consultoria, de recrutamento e seleção, de trabalho temporário, de outplacement, etc; - Exercício de funções de consultoria específica na área da Segurança e Higiene do Trabalho. De referir ainda que estes profissionais podem exercer a sua atividade nos mais diferentes tipos de organizações, independentemente da sua dimensão, área de negócio ou sector de atividade, uma vez que a gestão de pessoas é transversal às organizações dos mais diversos tipos e sectores de atividade.



PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES TIPO ECTS
1º Semestre    
História da Psicologia S 4
Direito do Trabalho I S 4
Teorias da Comunicação S 4
Ciências Sociais S 5
Sistemas de Informação S 6
Microeconomia S 4
História Contemporânea I S 3
2º Semestre    
Ciência Política S 4
Economia e Negócios S 6
História Contemporânea II S 3
Métodos de Investigação I S 5
Macroeconomia    S 4
Opção I (a) S  
Opção II (a) S  
3º Semestre    
Direito do Trabalho II S 4
O Processo de Recrutamento e Seleção S 6
Gestão e Contabilidade S 6
Métodos de Investigação II S 5
Marketing Internacional S 4
Métodos Estatísticos S 5
4º Semestre    
Os Sistemas de Avaliação de Desempenho S 6
Marketing Estratégico S 5
Psicologia Organizacional S 5
Temas de Cultura Portuguesa S 4
Informática de Gestão S 6
Opção III (a) S  
5º Semestre    
Análise de Projetos S 6
Sistemas de Apoio à Decisão S 6
Políticas de Formação e Gestão de Carreiras S 6
Sistemas de Recompensa – Remunerações e Benefícios S 6
Gestão Estratégica S 6
6º Semestre    
Seminário S 9
Estágio S 21
(a) A escolher de um elenco a fixar pelo órgão legal e estatutariamente competente.



CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147 –A/2006 de 31 de julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.

Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 04 Economia
    • 06 Filosofia
    • 11 História
    • 18 Português
(Deste elenco, basta uma prova)



DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA
  • Boletim de Candidatura [pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

 Despacho nº 5917/2014 [pdf]

OBJETIVOS
Pretende-se formar licenciados com sólidos conhecimentos na área da Contabilidade e Auditoria (numa perspectiva multidisciplinar, em áreas relacionadas com a função contabilística: economia, direito das empresas, sistemas de informação, fiscalidade, estatística, finanças empresariais, marketing e os recursos humanos), ensinando competências nas áreas nucleares e complementares definidas pela Ordem para a profissão de Técnico Oficial de Contas.
Se a contabilidade visa a produção de informação para a tomada decisões ou o estudo do impacto dessas decisões no desempenho das organizações, a auditoria, além da função de garante da fiabilidade da informação, alcançou uma visibilidade e importância sociais muito elevadas, sobretudo pela progressiva expansão dos mercados de capitais e do crescente interesse pelos fenómenos de governance nas sociedades modernas.



SAÍDAS PROFISSIONAIS
O presente curso pretende preparar os finalistas para o exercício da profissão de contabilista/auditor com as competências que garantam a sua empregabilidade em diferentes contextos organizacionais, tendo por base a ética profissional e um elevado padrão de responsabilidade.
  • Contabilista independente ou integrado em organizações de qualquer tipo
  • Responsável administrativo, financeiro
  • "Controller"
  • Auditor Interno e Externo
  • Consultadoria
  • Ensino e investigação



PLANO DE ESTUDOS
UNIDADES CURRICULARES ECTS Área Científica
1º Semestre    
 Microeconomia  3  Economia
 Matemática Aplicada à Gestão I  7  Matemática
 Contabilidade Financeira I  6  Contabilidade
 Introdução à Gestão  5  Gestão
 Cálculo Financeiro  4  Gestão
 Inglês Técnico  2  Lingua Estrangeira
 Introdução ao Direito  3  Direito
2º Semestre    
 Comportamento Organizacional  4  Gestão
 Tecnologias de Informação  4  Informática
 Macroeconomia  3  Economia
 Matemática Aplicada à Gestão II  7  Matemática
 Contabilidade Financeira II  6  Contabilidade
 Estatística I  6  Matemática
3º Semestre    
 Contabilidade das Sociedades e dos Grupos  5  Contabilidade
 Contabilidade de Gestão I  6  Contabilidade
 Ética e Deontologia  3  Contabilidade
 Análise Financeira  6  Gestão
 Estatística II  6  Matemática
 Direito do Trabalho  4  Direito
4º Semestre    
 Controlo de Gestão  6  Gestão
 Direito Fiscal  3  Direito
 Gestão Financeira  6  Gestão
 Contabilidade de Gestão II  6  Contabilidade
 Auditoria  5  Contabilidade
 Direito Empresarial  4  Direito
5º Semestre    
 Sistemas de Apoio à Decisão  6  Informática
 Análise de Projetos  6  Gestão
 Fiscalidade I  6  Contabilidade
 Contabilidade Financeira III  5  Contabilidade
 OPÇÃO 1  4  
 OPÇÃO 2  3  
6º Semestre    
 Contabilidade Pública  6  Contabilidade
 Fiscalidade II  6  Contabilidade
 Auditoria Financeira e Fiscal  5  Contabilidade
 Simulação em Contabilidade Empresarial  6  Contabilidade
 OPÇÃO 3  4  
 OPÇÃO 4  3  
UNIDADES CURRICULARES OPTATIVAS ECTS Área Científica
 Contabilidade das Instituições Financeiras  4  Contabilidade
 Tendências em Contabilidade Internacional  4  Contabilidade
 Contabilidade das Organizações sem Fins Lucrativos  4  Contabilidade
 Gestão de Sistemas de Informação Contabilísticos  4  Contabilidade
 Auditoria Estratégica  4  Contabilidade
 Avaliação de Empresas  4  Gestão
 Investigação em Contabilidade  4  Contabilidade
 Gestão de Recursos Humanos  5  Gestão
 Empreendorismo e Inovação  3  Gestão
 Marketing  6  Gestão

CONDIÇÕES DE ACESSO
As previstas pelo Decreto - Lei nº 296-A/98 de 25 de setembro, alterado pelos Decretos-Leis nºs 99/99 de 30 de março, 26/2003 de 7 de fevereiro, 76/2004 de 27 de março, 158/2004 de 30 de junho, 147 –A/2006 de 31 de julho, 40/2007 de 20 de fevereiro e 45/2007 de 23 de fevereiro e pelo Decreto-Lei n.º 90/2008, de 30 de maio.

Nota de candidatura
  • Classificação final do Ensino Secundário 50%
  • Classificação da Prova de Ingresso 50%
    Elenco das provas de ingresso (exames nacionais das seguintes disciplinas):
    • 04 Economia
    • 16 Matemática
    • 18 Português
(Deste elenco, basta uma prova)


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A CANDIDATURA
  • Boletim de Candidatura [pdf]
  • Ficha ENES
  • Fotocópia de um documento de identificação
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte
  • Documento comprovativo de morada



DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA
  • Boletim de Vacinas (Anti-tetânica)
  • 2 fotografias


FINANCIAMENTO

  • Crédito Ensino Superior – com garantia mútua do Estado [ pdf ]
  • Crédito Universitário Plus [ pdf ]
  • Crédito Formação Executiva [ pdf ]
  • Crédito Multiopções Universitário [ pdf ]
Para mais informações clique aqui.

Microsoft MSDNAAThroughVisual Paradigm Academic Partner Program,Instituto Superior Miguel Torga is granted license for modeling software-VP-UMLfor educational use.antena5.orgCartão Universitário
ISMT Todos os direitos reservados-2010   |      Desenvolvido por-Luís Cantarinhas      |   Optimizado para(1280x800)